Repositório Institucional

Arquivos e Materiais importantes para Alunos e Colaboradores.




Pesquisar

A escolha profissional na adolescência: um caminho ansiogênico?

 TCC    2021    TCC     Psicologia

 Graduação, TCC, Social/Humanas, Teórico   


Resumo

A adolescência é um período de transição entre a infância e fase adulta, marcada por diversas emoções, transformações biológicas, psicológicas, sociais e familiares, mas também apresenta diversas descobertas, inquietudes, assim como angústias. Logo, esta Monografia é um estudo exploratório que investigou a ansiedade frente ao exame vestibular e/ou Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), além das possíveis intervenções psicológicas pautadas na Terapia Cognitivo Comportamental junto aos adolescentes que sofrem nesse cenário. À vista disso, foi realizado estudo transversal em pesquisa de abordagem qualitativa, iniciando-se com uma revisão de literatura com base em consultas as plataformas: Google Acadêmico; Index Psi Periódicos; Pepsic (Periódicos Eletrônicos em Psicologia); SCIELO (Scientific Eletronic Library Online), e posteriormente, aplicação do Inventário de Ansiedade de a Mente vencendo o Humor e as Listas de Verificação de Enfrentamento Cognitivo e Comportamental. Ademais, há discussões acerca do processo de escolha profissional e as questões que o permeia, todavia, é importante que além de apresentar tais informações, ressalte-se as possíveis intervenções, ou seja, técnicas que auxiliem os jovens a passarem por este processo de forma adaptativa e, como elucidado, a TCC dispõe de várias técnicas que são consideradas muito eficazes para manejar, por exemplo a ansiedade.


Autores: Victoria Lima da Silva do Nascimento

Orientadores: Camila Medina Nogueira Moço




A psicopatologização da vida cotidiana na infância

 TCC    2021    TCC     Psicologia

 Graduação, TCC, Social/Humanas, Teórico   


Resumo

A excessiva demanda pela medicalização da infância, em casos em que outros métodos poderiam ser uma alternativa, pode ter efeitos nocivos ao desenvolvimento biopsicossocial da criança. O questionamento central da pesquisa se constitui na seguinte questão: por que estão tratando como doença ou como grave alteração de um estado mental os comportamentos e as respostas emocionais expostas pelas crianças em sua rotina de vida? Em busca da verificação das possibilidades da psicopatologização da vida cotidiana na infância, o presente estudo propõe uma reflexão sobre o reducionismo biológico do sofrimento psíquico herdado do modelo biomédico que como resposta cataloga e prescreve o uso de fármacos indiscriminadamente. Fundamenta-se este trabalho em pesquisa qualitativa evocando conceitos, fatos e consequências sobre a temática. Os dados bibliográficos sobre a evolução da infância, o surgimento do fenômeno da patologização e da medicalização atrelado ao cenário contemporâneo da saúde mental infantil levam a percepção de atitudes desesperadas por delegação de responsabilidades ao invés de oferecer eficientes cuidados. Consultar especialistas é, por certo, uma prudente ação, no entanto isentar-se quanto a uma cuidadosa ponderação sobre o enquadramento clínico dado ao problema e sobre as medidas terapêuticas recomendadas, seria irresponsabilidade.


Autores: Carlos Henrique Barbosa Rozeira

Orientadores: Alessandra Tozatto




A rede socioassistencial no contexto do Sistema Único de Assistência Social (SUAS)

 TCC    2021    TCC     Serviço Social

 Graduação, TCC, Social/Humanas, Teórico   


Resumo

O presente trabalho possui como objetivo geral analisar a rede socioassistencial no contexto do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e o seu diálogo com o terceiro setor a partir da realidade do município de Três Rios/RJ. Para tanto, os objetivos específicos são: contextualizar a Política de Assistência Social como política pública de direito; sistematizar a rede socioassistencial e o seu diálogo com o terceiro setor; caracterizar a rede socioassistencial do município de Três Rios. A metodologia adotada foi a pesquisa bibliográfica e a pesquisa documental em fontes públicas sobre a configuração da rede socioassistencial no município de Três Rios/RJ. A pesquisa bibliográfica percorreu a Constituição Federal de 1988, a construção da Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) no cenário neoliberal, os avanços normativos da Política Pública, a instituição do SUAS e a rede de proteção socioassistencial. A hipótese se sustenta no desenvolvimento de um trabalho complementar e articulado entre os organismos das esferas governamental e não governamental. A pesquisa documental abordou a rede de proteção da assistência social no município de Três Rios/RJ, visando entender a sua relevância durante o período de pandemia da COVID-19. Assim, o estudo é dividido em três capítulos: o primeiro trazendo a introdução, objetivos, metodologia, justificava, hipótese, problemática; o segundo situando a Política de Assistência Social como uma política pública de direito e o terceiro analisando a rede socioassistencial no contexto do SUAS abordando o período de pandemia dentro do município de Três Rios.


Autores: Celena Pereira Rabello

Orientadores: Gutiélle Carvalhal Botelho Bustilho Faria




Abandono e velhice: um estudo sobre a violência contra idosos em ambientes hospitalares

 TCC    2021    TCC     Serviço Social

 Graduação, TCC, Social/Humanas, Teórico   


Resumo

O trabalho a seguir discute acerca do abandono de idosos no âmbito hospitalar, levando em consideração em como o processo de envelhecimento tem se dado no mundo e no Brasil, visto está assumindo uma posição bastante significativa em relação aos demais grupos, e também ressaltar que na mesma medida que o envelhecimento vem aumentando a violência para com esse idoso tende a crescer também, violência essa caracterizada de diversas formas não se restringindo apenas à física, mas sim a qualquer ação que venha causar dano e sofrimento para com esse idoso, se dando na sua grande maioria de maneira oculta e praticada pelos próprios familiares. E por fim, a pesquisa discutirá em relação ao abandono, sendo também um tipo de violência praticada ao idoso.


Autores: Mirlaine de Matos Silva

Orientadores: Ricardo William Guimarães Machado




As concepções teóricas sobre espiritualidade que os psicólogos de Itaperuna/RJ possuem e suas implicações na prática clínica

 TCC    2021    TCC     Psicologia

 Graduação, TCC, Social/Humanas, Teórico   


Resumo

O tema espiritualidade é relevante para a prática clínica de Psicologia por ter relação direta com a compleição humana, contribuindo para que a sua saúde se configure em um bem-estar biopsicossocial. No entanto, devido ao processo de secularização foi conferida à espiritualidade uma identidade religiosa, sendo que pesquisas nas ciências sociais e humanas têm produzido dados que evidenciam diferenças nesses termos que parecem ser sinonímicos. Além disso, a espiritualidade se apresenta como um fator que pode se manifestar na condução clínica, levando o psicólogo a ter que manejar eticamente tal fato. Com isso, teve-se como objetivo nesta pesquisa identificar quais as concepções teóricas sobre espiritualidade os psicólogos clínicos que atuam na sede distrital da cidade de Itaperuna, RJ, possuíam. Foram entrevistados 11 psicólogos e concluiu-se que há presente em suas respostas uma compreensão de que tão somente o contato com um divino ou as práticas religiosas é que se configuram em uma espiritualidade humana, levando alguns a estabelecerem critérios rígidos para lidar com a questão e outros em não terem como relevante essa dimensão em um atendimento clínico.


Autores: Ana Paula Lopes Pinheiro

Orientadores: Davis Anzolin Lichote